Luís Ramos nasceu em Lisboa e estudou fotografia no AR.CO. Realizou o seu percurso profissional na imprensa de referência portuguesa, nos jornais "Expresso" e depois "Público", de que foi fundador, repórter e também editor fotográfico. Actualmente é fotógrafo independente.

Realizou diversas reportagens em países como Israel, Turquia, China, Rússia, Marrocos, Angola, Moçambique, Guiné, Cabo Verde, Cuba, pela Europa e Estados Unidos.

Ao longo da sua carreira foi distinguido com vários prémios Fuji Europress Photo Awards (2000, 2004) e Prémios Visão de Fotojornalismo (2002, 2004, 2005, 2006).

Expôs em Portugal e na França, Bélgica, Itália, Dinamarca e Alemanha.

Participou em diversas edições em livro, das quais "Açores, 9 ilhas/9 Fotógrafos - Ilha de S. Miguel", para o Governo Regional dos Açores e "Os locais da literatura no Alentejo", para a Estação Imagem, são as mais recentes.

Está representado nas Colecções de Arte da Fundação EDP, Fundação D. Luís I e Câmara Municipal de Tavira.